Calendários e dados estatísticos

Os quadros referem-se à produção de cereais em Portugal, com indicação dos calendários de produção das diversas variedades, a respetiva implantação geográfica e, sempre que possível, informação relevante sobre a origem e história desses produtos. 

No que se refere à distribuição geográfica identificam-se as regiões cuja produção tem dimensão e peso significativo nas trocas comerciais. 

Para que se tenha a noção de quanto do que é produzido em Portugal é consumido em Portugal, ou seja, qual o nível de autoabastecimento, apresentam-se os dados disponíveis por produto sobre os volumes de produção, exportação e importação e respetivos valores comerciais. A partir destes dados é possível calcular também o designado Grau de Abastecimento do Mercado Nacional.

Fontes:
Os dados para a elaboração destes quadros foram recolhidos com o apoio do Gabinete de Planeamento Políticas e Administração do Ministério da Agricultura (GPP)

Limpar pesquisa
Época Sementeira Época Colheita
Principais espécies
Grupo de Produtos
Inverno Primavera Verão Outono
J F M A M J J A S O N D
Principais espécies Arroz Grupo de produtos Cereal
Arroz
Cereal
Arroz

Arroz

Tipo de produto: Cereal

Nome científico: Oryza sativa L.

Família: Gramínea

Referência Designações  IGP: A variedade de arroz Carolino produzida no Distrito de Coimbra pode beneficiar da designação "Arroz Carolino do Baixo Mondego IGP" e  no Distrito de Santarém e Concelhos de Azambuja e Vila Franca da Xira do Distrito de Lisboa "Arroz Carolino das Lezírias do Ribatejo IGP"

Inserem-se as variedades das Listas: Carolino e Agulha

Principais Regiões de Produção e Mercado

Principais Regiões de Produção e Mercado do Arroz

Informações referentes ao ano 2019

 

 

Principais espécies Aveia Grupo de produtos Cereal
Aveia
Cereal
Aveia

Aveia

Tipo de produto: Cereal

Nome científico: Avena sativa L.

Família: Gramínea

Principais Regiões de Produção e Mercado

Principais Regiões de Produção e Mercado da Aveia

Informações referentes ao ano 2019

 

 

Principais espécies Centeio Grupo de produtos Cereal
Centeio
Cereal
Centeio

Centeio

Tipo de produto: Cereal

Nome científico: Secale cereale L.

Família: Gramínea

Inserem-se as variedades das Listas : Centeio panificável

Principais Regiões de Produção e Mercado

Principais Regiões de Produção e Mercado do Centeio

Informações referentes ao ano 2019

 

 

Principais espécies Cevada Grupo de produtos Cereal
Cevada
Cereal
Cevada

Cevada

Tipo de produto: Cereal

Nome científico: Hordeum vulgare L.

Família: Gramínea

Principais Regiões de Produção e Mercado

Principais Regiões de Produção e Mercado da Cevada

Informações referentes ao ano 2019

 

 

Principais espécies Milho Grupo de produtos Cereal
Milho
Cereal
Milho

Milho

Tipo de produto: Cereal

Nome científico: Zea mays L.

Família: Gramínea

Notas/Detalhes/História/Inf. Nutricional: Há 2 variedades de Milho classificadas de Conservação no Catálogo Nacional de Variedades (2)

Principais Regiões de Produção e Mercado

Principais Regiões de Produção e Mercado do Milho

Informações referentes ao ano 2019

 

 

Principais espécies Trigo Grupo de produtos Cereal
Trigo
Cereal
Trigo

Trigo

Tipo de produto: Cereal

Nome científico: Triticum aestivum L.

Família: Gramínea

Notas/Detalhes/História/Inf. Nutricional: Há 1 variedade de Trigo classificada Tradicional e 2 classificadas de Conservação no Catálogo Nacional de Variedades (2)

Inserem-se as variedades das Listas : Trigo mole panificável e trigo duro​​​​​​​

Principais Regiões de Produção e Mercado

Principais Regiões de Produção e Mercado do Trigo

Informações referentes ao ano 2019

 

 

(2) Catálogo Nacional de Variedades de Espécies Agrícolas e Hortícolas (CNV) - 2019 DGAV

Fontes:
GPP - Ministério Agricultura e Desenvolvimento Rural

 

Informações referentes ao Ano 2019


Área Ocupada

 

Produção, Volume Importado, Volume Exportado e Consumo Aparente

O consumo aparente corresponde à diferença entre o volume da produção mais o da importação deduzida a exportação.
Consumo Aparente = Produção + Importação – Exportação

 

Valor Importado, Valor Exportado e Saldo Comercial

 

Grau de Auto-aprovisionamento e Grau de Abastecimento do Mercado Nacional

Os Graus de Autoaprovisionamento e de Abastecimento do Mercado Nacional calculam-se a partir do Consumo Aparente: 
Consumo Aparente = Produção + Importação - Exportação
Grau de Auto-Aprovisionamento = Produção / Consumo Aparente x 100
Grau de Abastecimento do mercado nacional = (Produção - Exportação) / Consumo Aparente x 100

 

Consulte os anos anteriores


Informações referentes ao ano 2018

 

Área Ocupada

 

 

Produção, Volume Importado, Volume Exportado e Consumo Aparente

O consumo aparente corresponde à diferença entre o volume da produção mais o da importação deduzida a exportação.
Consumo Aparente = Produção + Importação – Exportação

 

 

Valor Importado, Valor Exportado e Saldo Comercial

 

 

Grau de Auto-aprovisionamento e Grau de Abastecimento do Mercado Nacional

Os Graus de Autoaprovisionamento e de Abastecimento do Mercado Nacional calculam-se a partir do Consumo Aparente: 
Consumo Aparente = Produção + Importação - Exportação
Grau de Auto-Aprovisionamento = Produção / Consumo Aparente x 100
Grau de Abastecimento do mercado nacional = (Produção - Exportação) / Consumo Aparente x 100

 


Subscreva a nossa newsletter

Se deseja receber informação actualizada sobre a Aliança Contra a Fome e Má-nutrição Portugal, por favor insira o seu email:

Subscrever Newsletter